Diagnosticados com câncer tendem a adotar modos de vida mais saudáveis, indica estudo

O estudo "Modos de vida entre pessoas que tiveram câncer no Brasil em 2013" revelou que pessoas que tiveram câncer tendem a comer frutas e hortaliças mais frequentemente e a parar de fumar. Por outro lado, o uso de álcool foi maior e não houve diferença em relação à prática de atividade física e à obesidade. O levantamento utilizou dados coletados para a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) e teve a participação do nutricionista da Unidade Técnica de Alimentação Nutrição e Câncer do INCA (Instituto Nacional de Câncer) Fábio Gomes.

Segundo a pesquisa, a prática de atividade física parece ser reconhecida como um fator importante na prevenção de outras doenças crônicas como diabetes e doenças cardiovasculares, mas não tanto para a prevenção do câncer. Ou seja, as pessoas em geral não sabem que atividade física é fator protetor do câncer. Além disso, para controlar o peso é necessário também diminuir o consumo de produtos com alta densidade energética e de bebidas açucaradas.

Em função dos resultados do estudo, os pesquisadores ressaltam a importância da ampliação e adequação das estratégias de prevenção de fatores de risco para doenças crônicas para quem já teve câncer.

Fruit-Vegetables-Healthy-Food

 

Fonte: INCA