Pacientes em Quimioterapia devem evitar vacina da febre amarela

Algumas regiões brasileiras estão enfrentando dezenas de casos de febre amarela.  O médico oncologista Dr. Gilson Delgado, diretor técnico do Instituto de Oncologia de Sorocaba (IOS), explica que com a queda da resistência orgânica uma dose de vírus ou bactérias vivas de uma só vez não teria resposta do organismo. “O vírus ou a bactéria vivas deixarão de ser atenuados e passarão a ser patógenos, ou seja, geradores de doença”, disse Delgado.

Como precaução, o paciente deve usar repelentes com frequência para se prevenir de picadas do mosquito e instalar telas protetoras, além de evitar viajar para as regiões do país onde os casos de febre amarela estão mais presentes.

A febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda, causada por um vírus transmitido por vetores artrópodes, que possui dois ciclos epidemiológicos distintos de transmissão: silvestre e urbano. Reveste-se da maior importância epidemiológica por sua gravidade clínica e elevado potencial de disseminação em áreas urbanas infestadas por Aedes aegypti.

Mosquito sucking blood from people.