Sorocaba é representada em Berlim em evento de pesquisa clínica

Dr. Luís Pires,  oncologista clínico e diretor do Instituto de Oncologia de Sorocaba "Dr. Gilson Delgado" (IOS) e Leandro Honorato, do Centro de Estudos e Pesquisas Oncológicas de Sorocaba (Cepos) participaram no dia 9 de dezembro, em Berlim, Alemanha, do encontro de investigadores de um novo protocolo de Pesquisa Clínica em Câncer Colorretal. O Cepos será um dos Centros de Pesquisa que irá conduzir esse estudo no Brasil.

Leandro Honorato será o coordenador de pesquisa clínica e Dr. Luís Pires o investigador principal da pesquisa.
O câncer colorretal abrange tumores que acometem um segmento do intestino grosso (o cólon) e o reto. É tratável e, na maioria dos casos, curável, ao ser detectado precocemente, quando ainda não se espalhou para outros órgãos. Grande parte desses tumores se inicia a partir de pólipos, lesões benignas que podem crescer na parede interna do intestino grosso. Uma maneira de prevenir o aparecimento dos tumores seria a detecção e a remoção dos pólipos antes de se tornarem malignos.

A estimativa do Instituto Nacional de Câncer (INCA) de novos casos para 2016 é a seguinte:

34.280, sendo 16.660 homens e 17.620 mulheres.

 

evento-alemanha

Dr.Luís Pires (a direita) esteve no encontro com profissionais de várias partes do mundo