Skip to content

Exercícios podem diminuir o risco de recorrência de alguns tipos de câncer

A maioria dos pacientes que tiveram um diagnóstico oncológico e receberm seu tratamento ficam temerosos para realizar algum tipo de exercícios físicos.
Exercícios regulares devem ser feitos pelos pacientes que foram tratados ou estão em tratamento, não só pela recuperação de seu bem-estar, como pela possibilidade de diminuir os riscos da volta da doença (recorrências).
Dois estudos (*) foram publicados e demonstraram que os exercícios regulares (150 minuitos de exercícios de intensidade moderada – como a marcha por semana) diminuem em até 10% a até 50% o risco de recorrência, assim como de mortes relativas ao câncer. Isto foi bem determinado para pacientes com câncer de mama, de cólon e reto, e alguns outros cânceres comuns.
Isto significa que os simples exercícios regulares podem trazer impacto importante para os resultados dos tratamentos oncológicos, pois que isto se associa a resultado obtidos com os tratamentos convencionais (quimioterapia, cirurgia, hormônios, radioterapia). Não são substitutos, mas grandes auxiliares que devem ser colocados em um primeiro plano terapêutico.

 

Dr. Gilson Delgado.
Médico Oncologista – Diretor Técnico do IOS.

 

(*)- Ballard-Barbash, R, et al-J Natl Cancer Inst, 2012: 815-40; Betof, AS et al-Brain Behav Immun, 2013:30 Suppl S75-87; Jone, LW-Current Insights – ASCO Connection, July 2015, P20-23.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email
Share on print
Preencha o formulário abaixo e nossa equipe irá entrar em contato com você!