Skip to content

Julho Verde: mês pela prevenção e tratamento do câncer de cabeça e pescoço

Este é o nono tipo de câncer mais comum no mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS).

O IOS – Instituto de Oncologia de Sorocaba apoia, neste mês de julho, a campanha Julho Verde: o mês de prevenção e conscientização do câncer de cabeça e pescoço. Esse tipo de câncer é o nono mais comum no mundo, de acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS). Só no Brasil, o Instituto Nacional do Câncer estima que há cerca de 40 mil casos do tipo, por ano.

O Julho Verde é uma campanha mundial para a prevenção do conjunto de tumores que afetam as regiões da boca, faringe, laringe, cavidade nasal, seios paranasais, glândulas salivares e tireoide. “É uma doença em que os primeiros estágios costumam ser assintomáticos e, por isto, muitos pacientes costumam demorar a procurar um médico. Assim, a conscientização é fundamental”, explica a Dra. Gabriela Figueira Sales, médica oncologista clínica do Instituto de Oncologia de Sorocaba.

Muitos sintomas podem ser confundidos com outras doenças, como gripe ou faringite, mas mais persistentes. Feridas na boca, rouquidão ou inflamações que durem mais de duas semanas sem apresentar quadros de melhora, dificuldade para engolir ou caroços (gânglios) na região do pescoço devem ser avaliados por um médico. Hoje, o câncer de boca e laringe é o segundo mais frequente entre os homens, atrás somente do câncer de próstata. Nas mulheres, prepondera o câncer da tireoide, sendo o quinto mais comum entre elas.

Segundo Dra. Gabriela, os fatores que podem ajudar a aumentar o risco de surgimento desses tipos de câncer são:

  • Cigarro: incluindo o uso de cigarro comum, eletrônico e narguilé;

  • Vírus HPV: a presença dele aumenta o risco de surgimento do câncer de orofaringe (garganta). É o mesmo vírus que está relacionado ao aparecimento do câncer de colo de útero, na mulher.

  • Álcool: principalmente combinado com o uso do tabaco, pode aumentar o risco de surgimento desse tipo de câncer;

“Por isso, recomendamos alguns hábitos preventivos, como evitar o consumo de álcool, não fumar, a vacinação contra o HPV e a prática do sexo seguro” orienta a especialista do IOS. “Fique atento aos sinais do seu corpo e visite seu médico regularmente. Qualquer tipo de câncer tem mais chance de cura se descoberto no início”, conclui Dra. Gabriela.

Para mais informações, acesse o site: www.oncologiasorocaba.com.br. O Instituto de Oncologia de Sorocaba está localizado no Centro de Medicina e Saúde, que fica na Av. Comendador Pereira Inácio, 950, Térreo, no Jd. Vergueiro, telefone: (15) 3334-3434.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email
Share on print
Preencha o formulário abaixo e nossa equipe irá entrar em contato com você!